Anjos e as Doze Noites Santas

0
503

Soa no ar o “Então é Natal”… batido, reprisado, repisado, mil vezes tocado, cantado e ouvido.

Há quem goste, há quem deteste, há quem seja indiferente…

O que não pode ser negado é que o clima muda neste período, na atmosfera geral das cidades, nos lares, entre as pessoas. Para melhor ou para pior, a mudança é sentida – seja no movimento das ruas, seja na alegria das pessoas, seja no aumento dos delitos ou no acolhimento dos templos.

Não sem motivo, o nascimento do Menino ocorre em dezembro (pelo calendário católico), sob a proteção do Arcanjo capricorniano Nemmamiah, de quem depreendem esforços múltiplos dirigidos ao universo.

Considerado Gênio da Humanidade, este Arcanjo esta presente na Terra, durante as 24 horas do dia 20 de dezembro, para preparar a vinda do Salvador.

Através da luz dos Anjos Zodiacais, que refletem nos signos, dádivas se derramam sobre todos aqueles que oram e vigiam, reza a tradição da sabedoria antiga. Prática religiosa que pode auxiliar neste processo denomina-se “As Doze Noites Santas”, abrangendo o período desde a Noite de Natal até o Dia de Reis. Dos pés em direção à cabeça podemos almejar forças verdadeiramente humanas para o nosso corpo e mente. Acender uma vela ao acordar, mentalizando a intenção do dia.

25/12 (pés) – à noite, desde a região de Peixes, seres angelicais derramarão bençãos para firmar seus pés e ocupar seu lugar no mundo. 26/12 (entre joelhos e tornozelos) – nesta noite, da região de Aquário, o Anjo (seu guia espiritual de sucessivas vidas) iluminará seu ano para fortalecer sua própria saúde.

27/12 (ossos, articulações, aparelho digestivo) – nesta noite, da região dos Arcanjos de Capricórnio, espíritos das cosmovisões trarão coragem para alcançar metas, elevando a alma às alturas espirituais e se unindo ao ser do Cristo.

28/12 (bacia, coxas e parte inferior da coluna vertebral) – à noite, da região de Sagitário, os arquétipos espíritos da personalidade trarão forças à inteligência que erguem, sustentam e apontam na direção do futuro.

29/12 (órgãos sexuais e ânus) – de noite, da região de Escorpião, os Exusiai, espíritos da forma, trazem a capacidade de renascer das crises e de todos os processos de perda, impotência, dor e desespero.

30/12 (rins) – esta noite, da região de Balança, os Dynamis, espíritos do movimento, trazem capacidade para equilibrar as forças de vida coerente e harmoniosa.

21/12 (intestino) – à noite, da região da Virgem, os Kyriotetes, espíritos da sabedoria, trazem forças para o desabrochar da vida.

01/01 (coração) – nesta noite, da região de Leão, os Tronos, espíritos da vontade trazem forças para decidir sobre as escolhas necessárias.

02/01(estômago, seios e ventre) – nesta noite, da região de Câncer, os anjos Querubins trazem forças harmonizadoras com o novo e criam aconchego para os momentos de transição.

03/01 (ombros, pulmões) – esta noite, da região de Gêmeos, os anjos Serafins trazem impulsos para vencer a barreira do individualismo e da solidão e encontrar sentido na união e na fraternidade.

04/01 (pescoço, garganta e voz) – à noite, da região de Touro, o Espírito Santo traz a força da persistência que leva ao progresso.

05/01 (cabeça) – nesta noite, pense na graça que quer alcançar. Da região de Áries, Cristo, o próprio filho de Deus, traz a liberdade.

Os 3 Reis Magos ofertaram à Humanidade, através do incenso, mirra e ouro com que presentearam a Jesus, o pensar, sentir e querer humanos. Em cada Natal há a chance de um novo nascimento.

A cada ano, oportunidade de uma nova vida. Urge que forças espirituais desçam sobre a Terra, para o bem de todos. Durante as 12 Noites Santas podemos plantar as sementes da Esperança em relação aos doze meses de 2018.

Comentários no Facebook