Segurança nos postos de saúde da Cruzeiro e do IAPI é tema da primeira reunião da FRESEG

0
477

A Frente Parlamentar da Segurança Pública Municipal (FRESEG), presidida pela vereadora Comandante Nádia (PMDB), realizou hoje sua primeira reunião de trabalho. O tema em debate nesta quarta-feira foi a segurança nos postos de Saúde da Vila Cruzeiro (PACS) e do IAPI. Instalada no dia 9 de junho, a FRESEG tem o objetivo de tratar dos assuntos relacionados à Segurança Pública no âmbito do município de Porto Alegre por meio de debates dos quais saiam encaminhamentos objetivos e viáveis de serem efetivados.

Desta primeira reunião, participaram os secretários municiais da Segurança, Kleber Senisse, e adjunto da Saúde, Pablo Stürmer, a diretora do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS), Clarice Bacin, a presidente da Associação Brasileira em Defesa dos Usuários de Sistemas de Saúde (Abrasus), Terezinha Borges, o gerente de Controle e Mobilidade da EPTC, Paulo Roberto Ramires, o delegado Thiago Baldin, da 20ª Delegacia de Polícia, os representantes do 1º e do 11º BPM, Major Fábio e Capitão Guilherme, e representantes de Conselhos Comunitários e de Associações de Moradores.

“Segurança pública é algo muito mais abrangente do que as polícias”, afirmou a vereadora Comandante Nádia. “Envolve mobilidade, estrutura, iluminação, poda, políticas para a juventude”, completou. Segundo o secretário adjunto da Saúde, a segurança nos postos é um tema fundamental. “Embora a pauta fale especificamente de duas unidades de saúde, não temos como deixar de olhar para o serviço como um todo”, afirmou Stürmer.

Com relação ao posto da Cruzeiro do Sul, ele afirmou que foi formado um Grupo de Trabalho para debater e buscar alternativas para a unidade, e foram colocadas em prática algumas ações, como melhorias de iluminação, colocação de portas de ferro, reposicionamento das câmeras, estabelecimento de fluxos seguros, manutenção de armas de fogo fora do prédio, reformulação das guaritas e colocação de vidros à prova de balas. Para Stürmer, no IAPI o problema maior está relacionado com a espera na fila. “Em termos gerais, a prefeitura tem investido na contratação de médicos, reforma da área do HPS para abrigar os apenados e os custodiados em uma área isolada, o que é considerado mais seguro para os policiais e para os pacientes”, resumiu o secretário Stürmer.

Segundo o secretário de Segurança, Coronel Kleber Senisse, os órgãos de segurança estão fazendo trabalho integrado, e isso começa a dar resultado. “Hoje estamos com a prefeitura, o Estado e os demais instituições ligadas à Segurança Pública trabalhando na mesma plataforma para combater o crime”, observou Senisse. “Se o crime se organizou, as forças de segurança têm de criar uma realidade para mudar esse cenário”.

Na avaliação de Senisse, é necessário criar Gabinetes de Segurança para fazer a análise da parte de vigilância, a exemplo do que que já ocorre no Posto de Atendimento da Cruzeiro do Sul. “Somente a parceria com os órgãos pode trazer resultado. O trabalho que estamos fazendo está sendo construído por todos os atores que fazem parte do sistema de segurança, e é isso o que dá resultado”, observou. “Nós acreditamos que vamos conseguir mudar este cenário de Porto Alegre”.

Como resultado dessa primeira reunião da FRESEG foram tirados os seguintes encaminhamentos: Reorganização dos trâmites burocráticos; Verificação do sistema de atendimento aos idosos; Estruturação de Grupos de Trabalho que se reúnam mensalmente para troca de informações e busca de soluções; Solicitação ao prefeito e ao governador de investimento nas polícias; Solicitação de informações sobre o término da obra de duplicação da Avenida Tronco; Solicitação e fiscalização da Prefeitura quanto à iluminação e poda de árvores.

“A FRESEG é formada por 19 vereadores, e essas demandas surgidas nesta primeira reunião serão assinadas por todos para dar mais peso e respaldo ao encaminhamento”, afirmou a Comandante Nádia. A próxima reunião da Frente está marcada para o dia 6 de julho, às 9 horas, no Plenário Ana Terra da Câmara Municipal. O tema em debate será “Que Guarda Municipal Porto Alegre quer e precisa”, sobre o PLE que amplia as atribuições da Guarda Municipal.

Texto: Ana Cristina Rosa

Foto: Tonico Alvares

Comentários no Facebook