TOURO – O ANJO DAS ASAS SEGURAS

0
1138

A energia dos Anjos lançada sobre o segundo signo do Zodíaco – Touro – simultaneamente refulge como crescimento (desenvolvimento) e manutenção. O elemento a ele associado – Terra – manifesta a tendência ao cuidado, ao acalanto, à administração e à preservação das coisas com as quais precisa lidar.

Em suas asas permanecerão resquícios da infância e da adolescência, que só na idade adulta conseguirá descomplicar, transmutando-as em comportamentos flexíveis. Sim, porque o taurino tem fama de teimoso e briguento! No entanto, estudos mais aprofundados demonstram que o socialmente visto como teimosia nada mais é do que persistência na busca daquilo que foi pensado, decidido ou prometido a ele. Acredita piamente no que lhe dizem, mas as explicações plausíveis podem convencê-lo do contrário. Argumentando com considerações válidas é possível, sim, fazê-lo mudar de ideia. Porém, quando se dá o inverso e Touro se afasta, é porque já refletiu o suficiente e a decisão já está tomada…  retornar será difícil… E as “brigas” decorrem da manifestação do direito de agir conforme o que considera certo e verdadeiro, para si e para os outros, não calando a defesa firme de si ou do outro.

            Seu posicionamento no Zodíaco indica temperamento localizado entre a infância e a adolescência (entre Áries e Gêmeos) –no segundo período da vida terrena, entre os sete e quatorze anos. Por isso a ênfase na aprendizagem do controle de posses e do ambiente imediato, referente à separação do que lhe pertence ou não, aprendendo a fazer uso dos elementos de forma a conservá-los, pois as coisas duram mais e funcionam melhor se tratadas com cuidado.

            Conviver em ambiente calmo, harmônico e seguro é seu objetivo, embora possa utilizar de energias ardentes e desestruturantes para atingir essa meta. Posses mínimas lhe conferem a segurança almejada, justamente por seu caráter sistemático e organizador. A voz corrente de que taurino é acomodado, pacato e preguiçoso pode ser questionada pelo simples fato de que nativos deste signo não rejeitam realizar trabalhos que outros recusaram, porque confia na força de suas ações. De maneira pausada, sim, aos poucos, até, cuidando de todos os detalhes, observando todas as alternativas chegará ao final do que se propôs realizar…

            Os anjos conferem à personalidade taurina ser independente, agir por conta própria e apoderar-se dos contextos com autonomia. No entanto, chateiam-se por nada e sentem ciúmes à toa. Os posicionamentos de vida são conseguidos de forma lenta, progressiva e gradativamente. Possuem alta capacidade para explicar logicamente suas atitudes, pois antes de agirem, esgotam todas as alternativas de análise nas discussões consigo mesmo.

Sustentado por Anjo robusto e sólido (Anael), o taurino estampa olhar contemplativo ao emitir conceitos através de linguagem colorida e voz potente, que tenta suavizar. Hedonista por natureza, acredita que o prazer é o bem supremo da vida. Portanto, as belas coisas o fascinam: aromas (incensos de pinho e eucalipto, por exemplo), sabores (como cravo e canela), afetividade que desperta a percepção dos sentidos, aconchegos tranquilos, com disciplina e concentração.

Se uma associação amorosa entre Touro e Áries puder ser estabelecida em um fluxo livre de receber e doar, suas naturezas poderão alcançar o que dificilmente conseguiriam sozinhos. Entre Touro e Touro a relação pode tornar-se plácida, estável e mutuamente confortadora, silenciosamente dedicada e indiscutivelmente leal. Com o signo posterior a Touro, Gêmeos, que  desafia o futuro a todo instante, pode provocar no taurino a sensação de insegurança que tanto o amedronta.

O anjo protetor de Touro induz a acreditar que, dentro dos limites impostos pelo cotidiano, vivenciar Touro é confiar que a importância dos elementos que compõem a vida está na possibilidade de eles serem organizados, mantidos e sustentados por mais tempo, caso sejam cuidados com carinho.

Comentários no Facebook