Tudo para o bom soninho do bebê.

0
113

Tudo para o bom soninho do bebê.

Desde os seus primeiros dias de vida, o bebê precisa um volume maior de horas para descanso do que um adulto. Porém uma dica é igual para os pequenos e para os grandes: não vale apenas a quantidade, mas a qualidade do sono.

Os médicos recomendam que o bebê deve dormir sempre em um local próprio para ele: num berço, num “moisés”, num carrinho de bebê apropriado, respeitando o seu tamanho e que seja um local arejado e ventilado. Não deve dormir na cama dos pais em nenhuma hipótese, pois o risco é de se asfixiar abafado pelas cobertas muito grandes e pelo risco de sofrer acidentes por movimentos involuntários do corpo do adulto durante o seu sono profundo. “O berço pode ficar no quarto dos pais por um período de tempo necessário até que o que os pais consigam ficar mais seguros. Não há um tempo determinado, mas isto deve ser trabalhado para que seja tão logo possível”, explica o pediatra responsável pelo Comitê de Desenvolvimento e Comportamento da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS), Renato Santos Coelho.

Quando o bebê é bem pequeno, isto é, recém-nascido, ele cabe num leito de um carrinho, mas logo este espaço ficará pequeno e deve ser avaliado sempre o quanto este carrinho permite uma boa ventilação.

A cadeirinha do carro tem um formato de concha, portanto vai deixar o bebê numa posição não tão anatômica para dormir quanto um berço. O médico reforça, ainda que a roupa deve ser leve (não significa roupa de verão, isto é, pode ser uma roupa com bom efeito de isolamento térmico no período de inverno) e não apertada.

Em relação à posição, o indicado é que o bebê durma de barriga para cima, e que naturalmente ele vai virar a cabeça dele para um lado. Nesta posição ele respira melhor, usando os dois pulmões, reduzindo a chance de fazer uma apneia durante o sono e a consequente morte súbita do RN, no qual é uma das causas prováveis. Se o receio é que ele possa regurgitar, recomenda-se elevar a cabeceira para diminuir esse risco. Se o bebê tem um refluxo gastro-esofágico severo siga as orientações do seu médico.

 

Comentários no Facebook